"REPARTIR COM OS DEMAIS POVOS O QUE TEMOS RECEBIDO COM FARTURA É O QUE DEUS ESPERA DE CADA UM, ESPECIALMENTE SE CONSIDERARMOS QUE ELE NOS ABENÇOA PARA QUE OUTROS TAMBÉM SEJAM ABENÇOADOS POR MEIO DAS BÊNÇÃOS QUE TEMOS ALCANÇADOS."

domingo, 17 de outubro de 2010


ALGUMAS CIDADES DO VALE DO JEQUITINHONHA - MINAS GERAIS - BRASIL

O Pólo Vale do Jequitinhonha contempla 30 municípios, beneficiando 481 mil pessoas, que correspondem à população residente.

A Área de Planejamento consiste dos seguintes municípios: Capelinha, Couto de Magalhães de Minas, Diamantina, Felício dos Santos, Itamarandiba, Minas Novas, São Gonçalo do Rio Preto, Serro e Turmalina.

Incrustado em boa parte da antiga Demarcação Diamantina, na comarca colonial do Serro Frio, o Pólo Turístico do Vale do Jequitinhonha tem amplidão histórica inestimável. Os quilombos no século XVIII nesta região diferenciavam-se dos demais criados, como o do Ambrósio ou Grande, nas áreas banhadas pelos rios Paranaíba e Grande, pois neles os negros escravos eram amigos dos fazendeiros brancos.

Os atrativos turísticos são múltiplos, porém, ainda pouco explorados, excetuando-se o Circuito do Diamante, que tem como principal centro receptivo Diamantina, elevada a Patrimônio da Humanidade pelo seu valor histórico na formação de Minas e do Brasil. A cidade teve em Chica da Silva - a escrava que se tornou musa de um dos mais famosos demarcadores, João Fernandes da Silva -, à sua época, uma referência. Mais recentemente, outra figura notória é a do ex-presidente Juscelino Kubitschek que, em vida, ajudou a perpetuar a serenata, de onde nasceu a vesperata.





CIDADES DE ITINGA, JEQUITINHONHA E MEDINA
















CIDADES DE CAPELINHA E GUANHÃES





Mas a potencialidade do Pólo não se resume ao atrativo histórico-cultural presente em diversas localidades, a exemplo de Minas Novas, onde existem registros da ação dos inconfidentes liderados por Tiradentes; em Diamantina, Araçuaí, Capelinha, Almenara e a sede do Serro do Frio, a cidade de Serro, que, na linguagem indígena (Hivituruy) vem a significar montanhas frias e que é a terra do conhecido "queijo do Serro". Encontra-se ainda, no município de Felício dos Santos, ocorrências de águas termais.

O turismo ecológico possui uma grande diversidade de atrativos, como o Parque Estadual do Rio Preto, as praias dos rios Jequitinhonha e Araçuaí, o artesanato de Araçuaí - principalmente em argila e madeira - , os tapetes arraiolos que ornamentam residências brasileiras e em outros países, a gastronomia dos diversos municípios e as pedras preciosas. A presença destes minerais é parte da maior província gemológica do país e uma das maiores do mundo, localizada nos vales do Jequitinhonha e do Mucuri.










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, faça-o aquí.