"REPARTIR COM OS DEMAIS POVOS O QUE TEMOS RECEBIDO COM FARTURA É O QUE DEUS ESPERA DE CADA UM, ESPECIALMENTE SE CONSIDERARMOS QUE ELE NOS ABENÇOA PARA QUE OUTROS TAMBÉM SEJAM ABENÇOADOS POR MEIO DAS BÊNÇÃOS QUE TEMOS ALCANÇADOS."

quinta-feira, 14 de março de 2013

CREMATÓRIOS E CASA DA MORTE - VARANASI. INDIA



Existe uma lenda envolvendo esses deuses principais do hinduísmo, que conta que Bhrama, o criador, recebeu, originalmente, cinco cabeças. Quando ele começou a mostrar sua arrogância, Shiva como o supremo criador do Universo, assumiu a forma de Bhairava, o terrível, e cortou uma das cinco cabeças de Bhrama com sua unha. A cabeça cortada caiu na mão esquerda de Bhairava. Como forma de pagar pelo pecado cometido, Shiva teve que atender ao juramento de Kapaalika de andar pelo mundo como um errante, carregando a caveira como recipiente para donativos. Foi quando, chegando em Varanasi nas bancadas do rio Ganges, a caveira escorregou das mãos de Shiva e assim, conferiu à tal cidade um caráter místico e religioso que a transformou no ponto máximo de peregrinação para os hindus, possuindo mais de mil locais para se rezar, incluindo templos para hinduístas. Os hindus acreditam que, morrendo nesta cidade, se obtém a salvação instantânea, ou seja, aquele espírito estará livre do ciclo eterno entre a vida e a morte. Por causa desta crença, a cidade possui muitos abrigos para doentes e desamparados que esperam pela morte. Varanasi está localizada na margem oeste do Rio Ganges, a meio caminho entre Nova Delhi e Calcutá, e também fica entre os rios Varana e Asi, origem de seu nome. Por causa dos diversos dialetos falados na índia, Varanasi também é conhecida por Banarasi, Banaras ou Benares. A cidade também é chamada de Kashi ou a cidade da luz espiritual.

Às margens do Ganges, o rio mais sagrado da índia, estão os chamados ghats, locais mais procurados pelos fanáticos. Enormes quantidades de peregrinos participam de um ritual que envolve oferendas (conhecidas como puja) para o sol nascente. Esse ritual é observado diariamente pela multidão de turistas que vão para tirarem fotografias deste espetáculo tão curioso.

Existem mais de 100 ghats em Varanasi. Seguem algumas características dos mais famosos: Dasaswamedh Ghat - este é conhecido como o ghat dos 10 cavalos sacrificados, pois dizem que os sacrifícios foram feitos pelo deus Brahma para preparar o caminho para o retorno de Shiva depois de seu período de castigo.

A beleza deste ghat e sua vista para a dianteira do rio permaneceram intactas, apesar de vários anos de mau trato. Asi Ghat - é o ghat localizado mais ao sul da cidade sagrada na confluência dos rios Ganges e Asi. Os peregrinos consideram o banho neste ghat mais sagrado do que a adoração ao deus Asisangameshwar, que possui um pequeno templo de mármore perto do ghat.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante, faça-o aquí.